7 hábitos pra você se tornar um grower experiente

 

cultivo indoor maconha

 

É legal que você fique sempre ligado com os atalhos e as correções rápidas que minimizam o trabalho duro e o foco que todo o grower precisa pra prosperar. Um jardim de ganja que funciona sempre satisfaz as necessidades do grower que mantém essas próximas sete regrinhas de conduta:

 

Limpeza

Pró-atividade não é só um clichê de sala de reunião. Atividades simples como catar as folhas mortas ou varrer a sujeira do chão não deveriam ter que esperar até que pilhas se acumulem. É um processo diário que requer diligência e não deixa muito tempo pra folga.

 

Nunca deixe poças de água se acumular no chão ou embaixo das plantas. Cheque todas as superfícies todos os dias por sinais indicadores de pestes ou mofo, incluindo as folhas de cima e de baixo, a superfície do seu meio de cultivo e o teto, as paredes e o chão do espaço. Troque de roupa antes de entrar no seu grow, especialmente se você esteve na rua recentemente. Alguns growers já separam uma roupa perto da porta reservada pra uso no grow e só.

 

Acima de tudo, faça da sua missão manter as coisas limpas. O seu grow indoor é seu laboratório e o mesmo vai ser beneficiado imensamente se mantido impecável. Larga o bong, levanta do sofá e limpa logo esse grow de cima à baixo! O trabalho que você fizer agora com certeza vai valer a pena no final.

 

Furtividade

Quando o assunto é o seu grow, o silêncio é sempre o ouro. Pode ser tentador falar sobre e mostrar o seu trampo mas isso só acaba dando problema no final das contas. Growers que vivem se abrindo acabam virando alvo fácil da polícia ou de ladrões.

 

Nunca dê grandes festas, deixe as pessoas ficarem ali fumando maconha o dia todo ou entrando e saindo o tempo todo. Seja comprando iluminação, movendo equipamentos pro seu espaço escolhido ou interagindo com os vizinhos, sempre ajuda manter um low profile.

 

cultivo indoor maconha

 

Expectativas realistas

Claro que é importante ser orientado por um objetivo, mas nunca conte as gramas antes delas terem crescido. Muitos produtores gastam tempo adivinhando o peso final da colheita só pra ser desapontado quando o produto final não se iguala às suas expectativas.

 

Tente ignorar esse impulso tentador e estabaleça os seus objetivos sabiamente e de maneira realista. Você não vai tirar 1,8kg por cada lâmpada de 1.000 watts toda a vez, não importa o quão bom você é. Você vai precisar diminuir essas expectativas altas demais pra poder se manter motivado em todas as situações, sejam elas boas e ruins. Um cultivador realista considera muitos fatores e pesa os prós e os contras de todas as decisões e suas possíveis consequências.

 

Aluguel, eletricidade e o custo de equipamentos variados devem ser levados em consideração antes de você embarcar num projeto de cultivo sério. Custos adicionais e imprevistos podem acabar adicionando grana nas despesas e meses perdidos em atrasos. Conhecer e antecipar esses tipos de eventos pode ser a diferença entre o sucesso a longo-prazo ou a frustração.

 

Atenção com as necessidades da planta

A cannabis como uma planta a ser cultivada não é assim tão difícil de se agradar. Pergunte pra qualquer um que cultive orquídeas ou violeta africana se você quiser um melhor entendimento sobre plantas complexas e o quão frustrante pode ser prover pra elas tudo que elas precisam. Você vai descobrir que existe uma boa razão pela qual as pessoas chamam ela de “weed”, que em inglês quer dizer erva daninha.

 

Plantas de maconha querem crescer e vão fazer praticamente qualquer coisa pra sobreviver em ambientes hostis. A ideia é prover a atmosfera adequada o tempo todo e limitar as variações na temperatura, na alimentação e na ventilação. Desse jeito você evita o estresse que pode causar atrasos no crescimento devastadores ou pior. Seja meticuloso!

 

Leia livros sobre cultivo de maconha (e não só de maconha) e preste atenção tanto na teoria quando na execução. entender todos os elementos do crescimento da planta é uma habilidade necessária que não pode ser evitada por muito tempo sem que problemas acabem aparecendo. Preste atenção à requisitos nutricionais durante as fases e aja de acordo. Seu resultado final vai te surpreender!

 

Curiosidade

Nunca decida que o seu jeito é o melhor ou o único jeito pra cultivar ótimos buds. É legal que você fique sempre de olho em novas técnicas e strains pra satisfazer sua natureza inquisitiva e expandir o portfólio de genéticas. Muitos growers são puxados pra trás pela sua própria teimosia e decidem colocar em prática só o que eles aprenderam até aquele ponto, quando a ideia é se desafiar sempre e manter a mente aberta pra novas ideias.

 

E isso significa experimentar de tempos em tempos. Se alguma coisa nova pode aumentar o rendimento do seu grow nem que seja em 5%, esse é um aumento substancial em eficiência que você pode continuar a fazer. O cultivador curioso nunca descarta ideias novas, equipamentos ou técnicas sem uma boa análise.

 

Um bom experimento nunca vai colocar em risco todo o grow. Experimente um novo nutriente em uma planta só e veja como ela responde. Seja sempre cauteloso e paciente. Growers experientes aprendem uma coisa nova com cada colheita. A chave é sempre estar à frente pra permitir que a curiosidade possa ser exercitada.

 

Paciência

Muitos grows já foram desfeitos antecipadamente por causa de problemas financeiros, paranoia ou obrigações familiares. As plantas precisam completar todo o seu ciclo de vida e é a sua responsabilidade como um grower de fazer tudo que estiver a seu alcance pra que isso aconteça.

 

Não deixe que a impaciência atrapalhe sua visão. Você não gastou toda aquela energia só pra agora se precipitar e colher tudo antes que ela tenha a chance de alcançar o verdadeiro potencial. Claro, talvez ela ainda vá deixar todo mundo chapado, mas você precisa dela tanto assim pra colher tudo tão cedo mesmo?

 

Plante algumas sativas de floração longa de vez em quando e você vai perceber que aquele tempo extra gasto se desenvolve em sabores e efeitos mais complexos. E a mesma coisa vale pra secagem e cura: plantas recém cortadas têm aproximadamente 70% de líquido e vão levar algum tempo pra se livrar totalmente de todo esse peso líquido. Buds mal secos tem um sabor ruim e a fumaça é pior ainda. Leve o tempo que precisar e você vai ser recompensado com um produto final que seja digno dos seus esforços.

 

Humildade

É bom lembrar que isso não é uma competição. Todo mundo ama a mesma planta e existem centenas de jeitos certos de cultivar ela. Growers arrogantes amam falar mal dos buds dos outros e podem discutir por dias sobre o quanto ninguém consegue cultivar melhor que eles. Se você ama o que tá fazendo, já está ganhando. Se orgulhe das suas conquistas mas nunca vire aquele o cortador de vibe humano, é chato e você vai comprometer a integridade da chapaceira das pessoas. Deixe que os seus buds falem por si mesmos. Os reais apaixonados pela cannabis mostram entusiasmo e encorajam aqueles que compartilham desse amado hobby.

 

QUER SABER MAIS? FOLLOW US
facebook / instagram

 

Disclaimer: A Cultiva Growshop não se responsabiliza pelo uso indevido dessas informações, que são fabricadas para uso exclusivo de pessoas que possuem o salvo conduto para plantar cannabis e para empresas e associações também com autorização.