WhatsApp:

(48) 999725693

Carrinho

Quantum Board Samsung Full Spectrum

Foto da Quantum Board Samsung Full Spectrum de 120w

Quantum Board Samsung Full Spectrum

R$3,700.00

A tendência do mercado de iluminação para cultivo é migrar dos sistemas HQI e HPS para LEDs e Quantum Boards. Atualmente, é o que traz a mais nova tecnologia associada com máxima eficiência. Dentre as muitas vantagens da Quantum Board Samsung Full Spectrum, as principais são os tipos de luzes emitidas e o baixíssimo uso de energia.
Além disso, as Quantum Boards não pedem nenhum equipamento complementar, bastando ligá-las na tomada para começar a usar. Já em um sistema ótimo de HQI ou HPS, é necessário não apenas as lâmpadas, mas reator, refletor e cooltube. Isso somente para obter melhor eficiência da luz, que ainda assim não se compara à eficiência das QBs.

Limpar
REF: N/A Categoria:

Compartilhe esse produto

Descrição

Quantum Board Samsung Full Spectrum

A tendência do mercado de iluminação para cultivo é migrar dos sistemas HQI e HPS para LEDs e Quantum Boards. Atualmente, é o que traz a mais nova tecnologia associada com máxima eficiência. Dentre as muitas vantagens da Quantum Board Samsung Full Spectrum, as principais são os tipos de luzes emitidas e o baixíssimo uso de energia.

Apesar do custo inicial ser relativamente alto, este custo se paga ao longo dos meses com a redução no custo da energia elétrica. Por exemplo, uma estufa de 80x80cm pede uma lâmpada que gastaria, no mínimo, 400W. Já no sistema de Quantum Board, o mesmo tamanho de estufa pede uma placa de 120W. Ou seja, chega a gastar até 3 vezes menos que lâmpadas de HQI ou HPS, diluindo o custo inicial ao longo dos meses de uso.

Além disso, as Quantum Boards não pedem nenhum equipamento complementar, bastando ligá-las na tomada para começar a usar. Já em um sistema ótimo de HQI ou HPS, é necessário não apenas as lâmpadas, mas reator, refletor e cooltube. Isso somente para obter melhor eficiência da luz, que ainda assim não se compara à eficiência das QBs.

Outro fator é a necessidade de um sistema de exaustão para lâmpadas comuns, tendo em vista que estas esquentam muito. Os LEDs e QBs esquentam muito pouco, quase não alterando a temperatura da estufa e, por isso, pedem um sistema de exaustão muito mais simples, apenas para manter o ar circulando. Este ar precisa circular somente o suficiente para a planta ter sempre acesso a oxigênio, não para resfriar o ambiente.

Tudo isso indica que, apesar do valor inicial ser mais elevado, é um gasto único que traz diversas economias ao longo do seu uso.

Mais informações

Garantia

Este produto tem garantia de 1 ano para defeitos de fabricação e manutenção.

Espectro de luz

Fornece o espectro completo de luz, aumentando a nutrição das plantas e as colheitas

Heat Sink

Placas de dissipação de alumínio com 25mm de altura para maior dissipação do calor.

Cabos do Driver

Cabos com 4m de comprimento que permite alocar o driver fora da estufa.

CHIPS SAMSUNG LM301H

Foto dos chips Samsung da Quantum Board Full Spectrum

A luz da Quantum Board é emitida por chips profissionais Samsung da última geração, com 18% mais eficiência PAR que a geração anterior. Cada chip gera 3.1 μmol/J de luz PAR, enquanto a linha anterior gerava 2.6 μmol/J. 

Além disso, a vida útil dos LEDs é maior, pois esta linha, especial para horticultura, traz uma camada protetora anti-oxidação e anti-sulfurização em cada diodo.

A luz da Quantum Board é emitida por chips profissionais Samsung da última geração, com 18% mais eficiência PAR que a geração anterior. Cada chip gera 3.1 μmol/J de luz PAR, enquanto a linha anterior gerava 2.6 μmol/J. 

Além disso, a vida útil dos LEDs é maior, pois esta linha, especial para horticultura, traz uma camada protetora anti-oxidação e anti-sulfurização em cada diodo.

DRIVERS MEAN WELL HLG

Já vem com a primeira linha de drivers da Mean Well, com estrutura blindada que concede resistência a água e poeira.

Ainda vem com cabos de 4 metros de comprimento, permitindo colocar o dispositivo fora da estufa e evitando que o calor gerado altere a temperatura do grow. No caso de instalações maiores, este comprimento também permite que você organize todos os drivers numa única estação.

Foto do driver Mean Well HLG da Quantum Board

Já vem com a primeira linha de drivers da Mean Well, com estrutura blindada que concede resistência a água e poeira.

Ainda vem com cabos de 4 metros de comprimento, permitindo colocar o dispositivo fora da estufa e evitando que o calor gerado altere a temperatura do grow. No caso de instalações maiores, este comprimento também permite que você organize todos os drivers numa única estação.

HEAT SINK

Foto das placas de dissipação de calor Heat Sink

O controle de temperatura no cultivo é uma das questões que mais assombram os growers. Por isso a Quantum Board Samsung Full Spectrum vem com sistema Heat Sink: placas de alumínio de 25mm de alturas, desenvolvidas especialmente para dissipar o calor gerado pela placa.

Ou seja, além de emitir muito menos calor que as lâmpadas convencionais, ainda conta com um sistema muito melhor de dissipação deste calor.

O controle de temperatura no cultivo é uma das questões que mais assombram os growers. Por isso a Quantum Board Samsung Full Spectrum vem com sistema Heat Sink: placas de alumínio de 25mm de alturas, desenvolvidas especialmente para dissipar o calor gerado pela placa.

Ou seja, além de emitir muito menos calor que as lâmpadas convencionais, ainda conta com um sistema muito melhor de dissipação deste calor.

MAIS EFICIENTE

Não é possível falar de luz para cultivo sem falar de luz PAR, PPF e PPFD.

A grosso modo, luz PAR é o tipo de luz, dentro do espectro visível, que a planta aproveita para fazer fotossíntese. Ou seja, não adianta utilizar um sistema com grande quantia de lúmens, se a planta não consegue aproveitá-los para se desenvolver. Por isso utiliza-se o termo luz PAR.

Sabendo o que é a luz PAR e para que serve, também se fala muito em PPF, que é a quantia de luz PAR emitida por um sistema. Ou seja, quanto da luz emitida é de fato aproveitada pelas plantas.

O último termo utilizado é o PPFD, que mede o quanto da luz PAR chega às plantas numa determinada distância. Isso porque não adianta adquirir um sistema que produza grandes quantias de luz PAR se pouco dessa luz é entregue de fato ao seu jardim. Isso acontece quando um sistema de iluminação não tem boa projeção da luz, ela acaba se perdendo no caminho antes de chegar ao grow. Para saber mais sobre a eficiência da luz, leia o post “Qual a eficiência na luz do grow“.

Termos

TAMANHOS DISPONÍVEIS

DETALHES

DEEP RED

DEEP RED

Imagem ilustrativa da luz Deep Red

Enquanto as lâmpadas comuns trazem apenas o espectro de luzes visíveis, a Quantum Board Samsung Full Spectrum vai além, trazendo luzes invisíveis aos humanos, porém essenciais às plantas. Uma delas é o Deep Red, que exerce uma importante função sobre o grow: Efeito Emerson.

Efeito Emerson é a soma da frequência da luz vermelha visível (660nm) com a frequência da luz vermelha invisível, que é chamada de Deep Red, (730nm). O resultado desta soma é um potencial fotossintético maior do que a soma dos potenciais destas luzes, quando utilizadas individualmente. Ou seja, potencializa muito mais a fotossíntese das plantas, dando mais energia ao grow.

LUZ VERDE

LUZ VERDE

Imagem ilustrando a luz Deep Red da Quantum Board

Antigamente acreditava-se que a luz verde não era absorvida pelas plantas, por isso os sistemas de iluminação de cultivo não traziam esta cor inclusa.

Porém, hoje sabe-se que 50-90% da luz verde recebida é absorvida pelas plantas. O que acontece é que, diferente das luzes azuis e vermelhas, as verdes são absorvidas nas camadas internas da planta. Nestas camadas mais profundas, a luz verde chega a ser mais importante do que as outras.

Quando cultivamos utilizando altas concentrações de luz, o maior potencial fotossintético passa a ser exatamente nas camadas onde a luz verde é mais eficiente. Para saber como cada tipo de luz afeta o grow, acesse o post.

Antigamente acreditava-se que a luz verde não era absorvida pelas plantas, por isso os sistemas de iluminação de cultivo não traziam esta cor inclusa.

Porém, hoje sabe-se que 50-90% da luz verde recebida é absorvida pelas plantas. O que acontece é que, diferente das luzes azuis e vermelhas, as verdes são absorvidas nas camadas internas da planta. Nestas camadas mais profundas, a luz verde chega a ser mais importante do que as outras.

Quando cultivamos utilizando altas concentrações de luz, o maior potencial fotossintético passa a ser exatamente nas camadas onde a luz verde é mais eficiente. Para saber como cada tipo de luz afeta o grow, acesse o post.

Imagem ilustrando a luz Deep Red da Quantum Board

DISTRIBUIÇÃO DA LUZ

Imagem ilustrando os diodos da Quantum Board Master Plants

Apesar de utilizar tecnologia muito semelhante aos LEDs, as Quantum Boards trazem muito mais diodos, distribuindo a luz de maneira muito mais uniforme. Assim, evita o surgimento dos indesejáveis hot spots, regiões onde o calor gerado se concentra.

Ainda devido ao número de diodos, chegam a ser até 15% mais eficientes do que os COBs (equipamentos com tecnologia Chip on Board).

Ou seja, além de melhorar a eficiência da luz, este equipamento ainda te ajuda a diminuir as alterações de temperatura do grow. Já que gera muito menos hot spots e traz sistema de dissipação passiva de calor.

Comparando os espectros de luz

Imagem comparando os espectros de luz da Quantum Board e lâmpadas HPS.

A imagem ao lado compara o espectro de luz da Quantum Board Samsung Full Spectrum e o de uma lâmpada HPS comum.

As lâmpadas HPS trazem a maior parte do espectro na luz amarela e vermelha e pouco de verde e azul. Já a QB, além de trazer mais de amarelo e vermelho, também traz quantias consideráveis de azul e verde. Como já explicamos aqui, a luz verde é de extrema importância no cultivo, apesar de muitas vezes ser esquecida.

Além do espectro mais completo da luz, o grande número de diodos presente nas QBs faz com que a distribuição desta luz seja muito melhor do que as lâmpadas comuns, mesmo fazendo uso de um bom refletor.

A imagem acima compara o espectro de luz da Quantum Board Samsung Full Spectrum e o de uma lâmpada HPS comum.

As lâmpadas HPS trazem a maior parte do espectro na luz amarela e vermelha e pouco de verde e azul. Já a QB, além de trazer mais de amarelo e vermelho, também traz quantias consideráveis de azul e verde. Como já explicamos aqui, a luz verde é de extrema importância no cultivo, apesar de muitas vezes ser esquecida.

ESPECIFICAÇÕES

65w

Foto da Quantum Board de 65w

Dimmer: não
Quantidade de chips: 136
Fluxo luminoso: 10.400 Lm
Eficiência: 160 Lm/w
Área recomendada VEGA: 60cm x 60cm
Área recomendada FLORA: 50cm x 50cm
Vida útil: 50.000hrs
Dimensões:  18 x 36 x 0.5 (cm)
PPF: 171 μmol/s

PPFD da Quantum Board de 65w

120w

Foto da Quantum Board de 120w

Dimmer: sim
Quantidade de chips: 304
Fluxo luminoso: 19.200 Lm
Eficiência: 160 Lm/w
Área recomendada VEGA: 90cm x 90cm
Área recomendada FLORA: 80cm x 80cm
Vida útil: 50.000hrs
Dimensões:  21 x 29 x 3 (cm)
PPF: 313 μmol/s

120w

240w

Foto da Quantum Board de 240w

Dimmer: sim
Quantidade de chips: 304 x2
Fluxo luminoso: 38.400 Lm
Eficiência: 160 Lm/w
Área recomendada VEGA: 120cm x 120cm
Área recomendada FLORA: 100cm x 80cm
Vida útil: 50.000hrs
Dimensões:  21 x 64 x 3 (cm)
PPF: 631 μmol/s

Tabela de valores de PPFD da Quantum Board de 240w

480w

Foto da Quantum Board de 480w

Dimmer: sim
Quantidade de chips: 274 x4
Fluxo luminoso: 79.200 Lm
Eficiência: 165 Lm/w
Área recomendada VEGA: 150cm x 150cm
Área recomendada FLORA: 120cm x 120cm
Vida útil: 50.000hrs
Dimensões:  58.5 x 58.5 x 3 (cm)
PPF: 1299 μmol/s

Tabela de valores de PPFD para a Quantum Board de 480w

Conheça o Cultiva Blog

Informação adicional

Peso N/A
Dimensões N/A
Watt

120w, 240w, 480w, 65w

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Apenas clientes logados que compraram este produto podem deixar uma avaliação.